Crianças com deficiência vão poder usar brinquedos eletrónicos com uma pulseira

19-10-2011 16:36

Estudantes da Guarda estão a desenvolver uma pulseira que permitirá às crianças com deficiência acionarem o funcionamento de brinquedos.

 A pulseira destina-se a“crianças com deficiências muito profundas” e deverá ficar concluída até ao final do ano, conforme explica Tiago Caldeira.“A ideia é adaptar o comando do brinquedo com uma ficha que fará a ligação à pulseira que, com um simples toque, irá comandar o controlo remoto do brinquedo”, explicou o coordenador do projeto.O sistema, que será oferecido a instituições de solidariedade social que acolhem crianças com deficiência, permitirá assim que as crianças brinquem de “forma autónoma com vários brinquedos (eletrónicos) ao mesmo tempo”.

 

A pulseira está a ser criada no âmbito do projecto Co(n)tacto, na Associação Desenvolver o Talento, da Guarda, com o apoio da Fundação Montepio.

                   

                   

Voltar